9 fatos curiosos sobre a história de Walt Disney

Quando falamos em Disney, logo relacionamos a marca aos incríveis parques temáticos, desenhos e filmes que são líderes em bilheteria. De longe, pode parecer que a companhia sempre foi um sucesso e que seu fundador, Walter Elias Disney, teve muita sorte. Mas, nos bastidores de sua trajetória, nem tudo foi um conto de fadas. Walt Disney levou muitos anos para construir o que hoje é considerado a maior marca de entretenimento do mundo.

Então, se você gosta de empreendedorismo, Disney ou das duas coisas, vai gostar de descobrir quais são as 9 maiores curiosidades sobre a origem da Disney e como a marca mantém sua magia até hoje!

1. O início não foi fácil

Tudo começou quando Walt Disney decidiu investir quase toda sua energia, tempo e dinheiro (que não era muito) em correr atrás do sonho de ser um grande artista profissional. Em 1921, fundou um pequeno estúdio de curta-metragens chamado Laugh O’Gram Studio, que tinha como tema principal contos de fadas, e deu origem ao curta-metragem de Alice no País das Maravilhas.

Mas as coisas não foram fáceis. Um dos investidores e chefes de Walt Disney roubou os direitos autorais de seu personagem Oswald, O Coelho Sortudo, além de ter incentivado os animadores de Laugh O’Gram a se desligarem do estúdio, a fim de contratá-los. Com pouco dinheiro para investir na produtora, manter o aluguel e o salário dos funcionários, Disney foi despejado de casa e decretou falência.

2. A origem do Mickey

Diante das dificuldades, em uma época em que as animações estavam em alta e a concorrência era grande, Walt Disney vendeu alguns de seus pertences, se mudou para Los Angeles e, aos poucos, construiu um novo estúdio. Decidiu, então, criar um personagem que representasse a produtora: um camundongo, inspirado em um rato de estimação de seu antigo escritório, que inicialmente se chamaria Mortimer. O nome do personagem foi trocado para Mickey Mouse, uma sugestão da esposa de Walt Disney, Lillian Bounds. Disney criou a personalidade do Mickey, mas foi Ub Iwerks que criou o desenho. Em 1928, o primeiro curta-metragem do personagem foi lançado: Steamboat Willie. Walt Disney foi o dublador oficial de Mickey Mouse durante anos!

3. O primeiro longa-metragem

O novo estúdio de Walt Disney e seu irmão Roy O. Disney passou a se chamar Disney Brothers Cartoon Studios. em 1937, o primeiro longa metragem – que logo faria sucesso internacionalmente – foi criado: Branca de Neve e os Sete Anões, uma história baseada em um conto de fadas alemão. Com o sucesso do longa, o estúdio teve a oportunidade de criar outros desenhos, como Pinóquio, Dumbo e Bambi – histórias que marcaram a infância de muitos.

Branca de Neve e Os Sete Anões

4. Participação na Segunda Guerra Mundial

O período da Segunda Guerra Mundial influenciou muito na carreira de Walt Disney. Durante a guerra, o artista foi convidado a criar animações para o treinamento dos soldados.

Créditos: obviousmag.org

Após a guerra, o negócio de Disney entrou em crise. Foi aí que ele criou Cinderela, um dos contos de fadas mais famosos de todos os tempos.

5. O primeiro parque da Disney

A Disneyland, localizada na Califórnia, foi inaugurada em 1955 como o primeiro parque de diversões da Walt Disney Company. Em seu primeiro ano de funcionamento, o ingresso chegou a custar apenas U$1! Sua inauguração foi um sucesso tão grande que houve superlotação.

Inauguração da Disneyland, na California

6. O parque mais visitado do mundo

Em 1971 nasce o complexo Walt Disney World Resort: uma área com tamanho equivalente a uma cidade, com cerca de 100 km². Infelizmente, Walt Disney faleceu antes que pudesse acompanhar os incríveis resultados de seu projeto. O nome do complexo seria uma homenagem de Roy O. Disney ao irmão, para manter sua memória viva todas as vezes que as pessoas ouvissem falar sobre os parques. Magic Kingdom foi o primeiro parque temático inaugurado, e há anos é considerado o parque mais visitado do mundo.

Inauguração do parque Magic Kingdom

Hoje, Walt Disney World Resort conta com quatro parques principais, cada um inspirado em temas diferenciados. São eles: Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios e Animal Kingdom. Conheça um pouco mais sobre cada um deles, incluindo suas principais atrações, clicando aqui!

7. Comunidade do futuro

O segundo parque da Disney foi uma ideia do próprio Walt Disney de construir um “mundo a parte”, onde a tecnologia seria avançada e pessoas de todas as culturas poderiam conviver no mesmo lugar. Mesmo após a morte do irmão, Roy O. Disney e os engenheiros da companhia deram continuidade ao projeto, que passou a se chamar Experimental Prototype Community Of Tomorrow, conhecido como EPCOT. Hoje, o parque é dividido em duas áreas: Uma é dedicada ao avanço da tecnologia, e outra na diversidade de culturas espalhadas pelo mundo, contando, atualmente, com 11 pavilhões de diferentes países dentro do parque.

Epcot

8. A magia está nos detalhes

Walt Disney sempre teve paixão pelo que fazia, mas também foi um expert em estratégias inteligentes de marketing. Por exemplo, existe uma regra nos parques da Disney onde nenhuma loja do complexo deve vender chicletes. A teoria é a de que Walt Disney era bem perfeccionista com o visual dos parques e queria evitar a aglomeração de lixos pelo chão. Afinal, nos contos de fada tradicionais não existem chicletes espalhados pelos jardins, né?

Outro fato curioso é que, para Walt Disney, a magia só era real se estivesse nos mínimos detalhes. Ou seja, não adiantaria passar uma imagem de “lugar mágico” se isso fosse apenas algo superficial. Um exemplo disso são os bastidores dos parques, que atualmente ficam localizados no subsolo, estrategicamente para que os funcionários não seja vistos realizando atividades pessoais ou para evitar que personagens repetidos sejam vistos no mesmo lugar.

9. Prêmios

Walt Disney é considerado a pessoa com maior número de Óscar da história, com 59 indicações e 22 prêmios. Além disso, também recebeu sete prêmios da Emmy Awards e, até hoje, é conhecido não só como o maior nome do entretenimento, mas como um dos maiores homens de negócios de todos os tempos.

Nada como uma história motivadora para continuar a correr atrás dos nossos sonhos, né? Dê um like no post e siga o blog para ficar por dentro de todos os conteúdos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: